UNANIMIDADE: VEREADORES APROVAM PACTO PELO SANEAMENTO EM FLORIANÓPOLIS

Lembrando que “Florianópolis, atualmente conta apenas com 60% de cobertura de esgotamento sanitário”, o vereador João Cobalchini, presidente da Câmara Municipal ressaltou a importância da aprovação hoje, por votos unânimes dos vereadores, do projeto  que vai implantar uma política urbana municipal do Pacto pelo Saneamento. Cobalchini afirma ainda que o projeto vem justamente corrigir esse problema e o Poder Executivo está de parabéns, a Câmara aprovou o projeto por unanimidade e estamos dando um grande passo na universalização do sistema”, afirmou.

O projeto de lei, encaminhado pelo prefeito Topazio Neto institui a política municipal de esgotamento sanitário e de drenagem urbana sustentável em Florianópolis.

Fundamentada com base nas Políticas Nacionais de Recursos Hídricos, de Meio Ambiente, de Educação Ambiental, de Desenvolvimento Urbano e Habitação, de Saneamento Básico, de Defesa Civil e de Saúde, a Lei estipulada estabelece que órgãos e empresas públicas e privadas prestadores de serviço de saneamento básico que utilizem de recursos naturais ou hídricos superficiais e subterrâneos, da proteção proporcionada por Unidade de Conservação Municipal sob gestão da Prefeitura Municipal de Florianópolis, deverão contribuir financeiramente para com a proteção e implementação do programa.

Afirmando que todos têm responsabilidade pelo saneamento na cidade, o vereador Renato da Farmácia destacou que, após passar por todas as comissões, o projeto encontra-se adequado às necessidades do município. “Nós só temos a elogiar o prefeito Topázio que teve essa ideia, com toda a sua equipe. Nós corrigimos pontualmente tudo o que precisa ser feito, os técnicos vieram aqui, e os vereadores discutiram. Teremos um acesso com fiscalização e orientação. Vamos atingir tanto o Jurerê Internacional, que tem todo um tratamento próprio, quanto o Pântano do Sul, que não tem nenhum tipo de tratamento, assim como atingiremos pessoas de baixa renda”, concluiu.

 

Parceiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome