SC:ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ADOTA O PROGRAMA “EDUCANDO CIDADÃOS:O QUE TODOS NÓS TEMOS A VER COM A CORRUPÇÃO?”

O presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal assina o termo de adesão ao programa "Educando Cidadãos:o que todos nós temos a ver com a corrupção?"

Para orientar e conscientizar educadores, alunos e membros voluntários das comunidades contra atos de corrupção, buscando a transformação de comportamentos da sociedade, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina assinou, ontem, o termo de adesão ao programa “Educando Cidadãos: o que todos nós temos a ver com a corrupção?”, integrado por diversas instituições públicas e privadas, sob a coordenação do promotor de Justiça, Afonso Ghizzo Neto.

A campanha “O que você tem a ver com a corrupção?, lançada em 2004 por Afonso Ghizzo Netto, então promotor de Justiça da Comarca de Chapecó, além de repercutir positivamente pelo Brasil, recebeu reconhecimento mundial e premiação da ONU.

O presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal, ao aprovar o acordo e parabenizar todas as outras 20 entidades que também aderiram ao programa, classificou o projeto como “contribuição para a formação de cidadãos ativos e conscientes e estimula as novas gerações a atuarem como agentes transformadores em busca de mudanças positivas no comportamento ético comunitário. A partir deste ato, a Alesc é parceira do projeto, buscando atuar de maneira articulada com outras instituições para a implementação do projeto”, destacou.

Segundo Ghizzo Neto, o projeto é fruto da articulação de várias instituições públicas e privadas que têm o entendimento que “por meio da educação se faz uma cultura de controle social”. Ele destacou ainda que a “boa política” é compatível e “anda de mãos dadas” com a participação social, assinalando ainda que a proposta tem o objetivo de formar seres humanos pensantes e críticos, para o exercício de uma cidadania ativa e integral. As ações são voltadas para a educação, com envolvimento de educadores, estudantes e comunidade escolar.

ENTIDADES ENVOLVIDAS

Para representar o Parlamento catarinense no projeto, foram designados os servidores André Luiz Bernardi, chefe de gabinete da presidência, e Marcos Flavio Ghizoni Junior, Controlador-Geral da Alesc.

Fizeram parte da mesa de honra representantes das diversas instituições catarinenses ligadas ao projeto: o vice-presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Júlio César Machado Ferreira de Melo; o coordenador e idealizador do programa, Affonso Ghizzo Neto; o chefe de gabinete da presidência da Alesc, André Luiz Bernardi; o Controlador-Geral da Casa, Marcos Flavio Ghizoni Junior; o presidente da Associação Catarinense do Ministério Público, Alexandre Estefani e o vice-presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina e coordenador do projeto, Roberto Aurélio Merlo.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome