TRAGÉDIA NO MONTE CRISTO: SOLIDARIEDADE “ABRAÇOU” OS PREJUÍZOS DA RUPTURA DO RESERVATÓRIO DA CASAN EM FLORIANÓPOLIS

Ninguém avança sozinho, precisamos uns dos outros”: uma equação que se traduz em solidariedade, como ajuda, socorro e adesão.

Todos esses exemplos, a sociedade de Florianópolis exerceu espontaneamente nos últimos dias após o chamamento da Fundação Somar Floripa, uma entidade eminentemente dirigida e integrada por voluntários que abriu uma campanha de doação para as centenas de famílias que perderam bens e patrimônio por conta da tragédia de rompimento de um reservatório gigante de água da Casan no bairro Monte Cristo.

Pois, a resposta à campanha foi tão rápida e com resultados altamente expressivos que, no sábado, a presidente da Somar Floripa, Beatriz Silveira, primeira dama do município, agradeceu a solidariedade da população e revelou que o “número de doações havia superado todas as expectativas e com suprimentos necessários para uma resposta emergencial a todos os moradores atingidos pelo incidente”.

Parceiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome