SEGURANÇA NAS ESCOLAS: PROGRAMA DE SC FIRMA PARCERIA COM MODELO DOS ESTADOS UNIDOS

Missão oficial do Comseg/Escolar de SC nos Estados Unidos

Para reforçar o programa de segurança nas escolas, Santa Catarina vai compartilhar informações, diretrizes e iniciativas do modelo adotado nos educandários americanos. Nos Estados Unidos, onde se encontra em missão oficial, a comitiva de deputados estaduais tratou do acordo na sede da Embaixada Brasileira.

A parceria vai implementar em Santa Catarina iniciativas que tiveram êxito nos Estados Unidos para redução da violência escolar e criação de ambientes acolhedores. A proposta partiu da comitiva catarinense integrada pelos  deputados estaduais Paulinha (Podemos) e Lucas Neves (Podemos), representantes do Ministério Público, Paulo Antonio Locatelli, Subprocurador-Geral para Assuntos Institucionais, Diego Roberto Barbiero, Coordenador do CyberGAECO, e da Polícia Militar,  capitão Leonardo Baccin, todos membros  do Comitê de Operações Integradas de Segurança Escolar (Comseg Escolar), coordenado pela Assembleia Legislativa.

MODELO DOS ESTADOS UNIDOS

O modelo americano está consolidado desde a década de 1950, mas foi intensificado após o trágico massacre de Columbine, em 1999. Com um investimento de aproximadamente US$1 bilhão em programas de policiamento escolar, os Estados Unidos se tornaram um país referência nesse tema.

“A violência nas escolas dos Estados Unidos se tornou uma epidemia e acontece há muitos anos. Conhecer experiências de fracasso e sucesso na prevenção da segurança escolar têm sido incrível e nos ajudará a encurtar o caminho pra prevenir e reduzir a violência também nas escolas catarinenses”, destacou a deputada Paulinha.

“A ideia é voltar com exemplos concretos que possam ser implantados no nosso estado. As ações dos americanos levantam questões pertinentes, como o impacto na comunidade escolar e a busca pelo equilíbrio necessário para garantir um ambiente de aprendizado saudável”, citou o deputado Lucas Neves.

COMSEG ESCOLAS

O Comseg Escolar é um grupo formado por mais de 30 entidades e constituído pela Alesc logo após a tragédia ocorrida em Blumenau, em abril deste ano, coordenado pelo presidente Mauro de Nadal e pela deputada Paulinha. Além das ações de segurança, o grupo foca também em iniciativas pedagógicas e de acompanhamento dos estudantes. O propósito do comitê é criar um ambiente de paz nas escolas e estabelecer políticas de longo prazo que reduzam os casos de violência no ambiente escolar.

 

Parceiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome