PREFEITURA DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA NO COMBATE À DENGUE EM SÃO JOSÉ

Foto: Divulgação Secom/PMSJ

A Prefeitura de São José publicou decreto de situação de emergência para combater o Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue. O município registrou 15 casos no mês de abril e 40 pessoas com suspeita da doença. Dentre as ações previstas, estão a fiscalização ostensiva por agentes de endemias e também de modo aéreo, em que vão ser utilizados veículos não tripulados (VANTs), similares aos drones.

A semana começou com trabalho de campo dos agentes à caça do mosquito no bairro Santos Dumont, em Barreiros. Foram realizadas 600 vistorias em imóveis da região. Os agentes participaram do mutirão “Prefeitura em Ação, uma iniciativa, que atendeu demandas nas comunidades da Colônia Santana e do Sertão do Maruim.

Programa

A diretora da vigilância epidemiológica, Katheri Zamprogna, destaca que os casos de dengue vêm sendo investigados cotidianamente. “As ações de combate a dengue não dependem de surtos ou epidemias; são parte de um programa do Ministério da Saúde e ocorrem todos os dias. Neste momento, estas ações são intensificadas com base no aumento de casos”, reforçou.

Além da fiscalização, os agentes visitam os imóveis orientando os moradores sobre combate e os modos de tratar focos e possíveis criadouros do mosquito. Dentre as medidas apontadas para prevenção da proliferação do Aedes aegypti, estão a retirada de água de vasos de plantas e a manutenção de lixeiras fechadas. Em casos de sintomas, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica orienta a população a procurar uma Unidade Básica de Saúde próxima para atendimento.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome