“OPERAÇÃO FIO ENCAPADO”: PROCON DE FLORIANÓPOLIS APREENDE E SUSPENDE A VENDA DE FIOS COM IRREGULARIDADES

Em mais uma etapa da operação “Fio Encapado”, hoje  em Florianópolis,  deflagrada pela Prefeitura Municipal por meio do Procon Municipal, foi apreendido e suspensa a venda de 781,70 kg de fios elétricos. O material vendido em um dos comércios fiscalizados apresentava irregularidades, como na resistência elétrica. Além da retirada dos produtos de venda da loja fiscalizada e de todas as outras onde o mesmo é vendido, o fabricante dos fios também foi notificado.

Durante essa etapa da operação, que tem como objetivo fiscalizar a qualidade dos fios elétricos, foram identificadas divergências no selo dos produtos e no selo solicitado pelo Inmetro. Além disso, também foi possível observar discrepâncias nas resistências dos materiais apreendidos, tendo, em muitos casos, apresentado o dobro da resistência permitida. O que significa a possibilidade de gerar sobrecarga e consequentemente um acidente ou curto-circuito.

De acordo com dados do 1° Batalhão de Bombeiros Militar de Florianópolis, curto-circuito em fios elétricos foi o maior responsável pelas ocorrências de incêndio em edificações na Cidade em 2020, com 41,4%.

“Os comerciantes adquiriram de boa-fé os produtos da marca notificada, e ao analisarmos e executamos testes de resistência, por exemplo, identificamos as irregularidades. Para que nenhum consumidor seja lesado, realizamos a retirada da venda dos produtos. Agora, o fabricante terá 20 dias para responder a notificação realizada pelo Procon de Florianópolis”, explica Erádio Manoel Gonçalves, Secretário de Defesa do Cidadão.

PRIGO À VISTA

A Operação Fio Encapado foi deflagrada pelo Procon de Florianópolis neste mês de fevereiro com o objetivo de fiscalizar a venda de fios elétricos.

Durante o verão, são utilizados os eletrodomésticos de resfriamento, como ar-condicionado e ventilador. Isso representa um aumento na quantidade de energia utilizada, o que pode gerar a sobrecarga nos fios elétricos, ocasionando possíveis curtos-circuitos e até incêndios caso os fios não sejam de qualidade estipulada pela norma técnica. Dessa forma, o Procon Municipal realiza a fiscalização em comércios que vendem fios elétricos, a fim de evitar que o consumidor compre fiação sem qualidade e de que incêndios ocorram.

Durante a operação, é feito teste da qualidade dos fios através do ohmímetro, um aparelho que mede a resistência elétrica do fio. Caso alguma fiação não esteja dentro do padrão de qualidade, o Procon municipal poderá suspender a venda do produto.

Denúncias e reclamações podem ser feitas diretamente pelo site https://www.pmf.sc.gov.br/sistemas/procon/ ou e-mail fiscalizacao.procon@pmf.sc.gov.br ou no telefone (48) 3131 – 5320.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome