NOVO RADAR AMPLIA SISTEMA DE MONITORAMENTO E ALERTA CONTRA ADVERSIDADES CLIMÁTICAS EM SANTA CATARINA

Para reforçar o sistema de segurança, monitoramento e alerta contra adversidades climáticas em Santa Catarina, o governo estadual inaugurou hoje o Radar Meteorológico do Litoral Norte, instalado na cidade de Joinville.O detector meteorológico, instalado em uma torre de 25 metros de altura, possui abrangência técnica de até 80 km sobre os municípios do Litoral Norte e outras cidades das regiões do  Baixo e Médio Vale do Itajaí.

A operação técnica do radar será conduzida pela secretaria Estadual da Proteção e Defesa Civil e o governador Jorginho Mello, que acompanhou a entrada do equipamento em operação, ressaltou que “agora quem mora na região estará de fato protegido pelos alertas da nossa Defesa Civil. É uma ação que comprova a importância de termos colocado Proteção no nome da secretaria. Ela tem que agir antes e ajudar a evitar os desastres”, disse o governador Jorginho Mello, destacando que o radar amplia a cobertura também para algumas cidades de outras regiões.

REDE EM OPERAÇÃO

Atualmente a rede de radares é composta pelo radar do Vale, instalado em 2014 no município de Lontras; o radar do Oeste, instalado em 2017 no município de Chapecó, ambos de Banda S com dupla polarização; o radar do Sul, instalado em 2018 no município de Araranguá e o recém instalado radar do Litoral Norte, ambos de Banda X e que compõe a rede de radares do Litoral de Santa Catarina.

“O radar meteorológico de Joinville é um equipamento de prevenção para toda a sociedade catarinense. Ele chega para somar a rede de cobertura de radares de Santa Catarina, que se localiza nos municípios de Araranguá, Lontras e Chapecó. Dessa forma, através da tecnologia aplicada, nosso Estado terá uma das maiores e melhores coberturas meteorológicas do Brasil e, assim, conseguiremos garantir mais proteção para a população”.

O secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, Coronel Armando, acrescenta que as informações do radar irão trazer mais agilidade e precisão na previsão meteorológica não só na Região Norte de SC, mas contribuindo também na previsão do Baixo e Médio Vale do Itajaí e sudeste do Paraná, na região da serra e BR 376.

O investimento total do Radar Meteorológico por parte do Estado é de R$ 5 milhões, sendo R$ 1,9 milhão de recursos do tesouro estadual e outros R$ 3,1 financiados pelo Banco do Brasil pelo PACTO BB2.

COBERTURA AMPLIADA

O radar do Vale não consegue detectar com precisão as chuvas provenientes de circulação marítima, que são provocadas por nuvens muito baixas. Por estar mais próximo do litoral, o radar do Litoral Norte chega na região para aperfeiçoar o sistema de monitoramento e alerta relacionados aos eventos adversos de chuvas intensas e volumosas, como inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos.

O equipamento é um radar meteorológico de banda X de última geração, com dupla polarização e em estado sólido, modelo Ranger X5 da fabricante americana Enterprise Eletronics Corporation. Ele está instalado sobre uma torre metálica de 25 metros, na zona sul de Joinville e terá um alcance de 80km, abrangendo os municípios do Litoral Norte e alguns municípios do Baixo e Médio Vale do Itajaí. Este é o quarto radar adquirido pela SDPC.

“O objetivo deste radar é complementar a cobertura do Radar do Vale do Itajaí, instalado em Lontras. Em algumas condições, como as chuvas provocadas por nuvens de circulação marítima, o radar do Vale subestima ou não consegue detectar estas chuvas. O Radar do Litoral Norte será utilizado para emissão de alertas de curtíssimo prazo associados a chuvas intensas e volumosas, como alagamentos, deslizamentos e inundações”, explica Frederico Rudorff, coordenador de monitoramento e alerta da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome