MORRE O PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, DEPUTADO ALDO SCHNEIDER

O deputado Aldo Schneider, presidente da Assembleia Legislativa,  morreu nesta tarde em Balneário Camboriú. Schneider, estava internado no hospital da Unimed e sofria de um câncer na coluna.
Ele nasceu em Agrolândia, no Alto Vale do Itajaí, formou-se em Gestão Empresarial pela UNIASSELVI e ingressou na Secretaria de Estado da Fazenda como Analista da Receita Estadual em 1980. Schneider, exercia pela segunda vez o mandato de deputado e, como vice-presidente da Assembléia, em fevereiro deste ano, assumiu o comando do Legislativo.

Em razão da perda, a mesa da Assembléia decretou luto oficial de três dias e o expediente de amanhã foi suspenso.

HOMENAGENS E LUTO OFICIAL

O Governo do Estado divulgou nota de pesar pela morte de Aldo Schneider e decretou luto oficial por sete dias.

O governador Pinho Moreira soube da morte do deputado quando retornava de Joinville, onde participou de um ato político.
O governador disse que recebia com “tristeza a notícia do falecimento do presidente da Assembleia Legislativa, com quem tive oportunidade de amplo convívio na condição de homem público e amigo. Ele deixa um legado de realizações e serviços prestados a Santa Catarina. Lutou até o fim, com a garra e coragem que sempre lhe foram peculiares. Meus sentimentos à família e a todos os que acompanharam sua jornada”, disse o governador.

Também, o ex-governador Raimundo Colombo lamentou a morte do deputado Aldo Schneider e relembrou que, durante seu governo, o parlamentar foi líder na Assembléia Legislativa:” Um amigo, uma pessoa com quem eu convivi muito. Foi nosso líder do governo e agora nosso presidente da Assembleia. Discutimos projetos importantes, ele deu grande contribuições ao estado”, destacou.

Colombo visitou o deputado Aldo Schneider várias vezes durante períodos de internação em São Paulo. “0 Aldo tinha muita fé e força de superação, mas a vida é assim. Deus tem essa condição de planejar para cada um de nós um dia de nascer, de chegar, a um tempo de conviver, de formar amigos, de abraçar. Esse convívio que o Aldo teve com todos nós foi para melhorássemos como seres humanos. É o tempo de partir. É doloroso, mas a fé e a força mais forte que a gente tem para enfrentar momentos como esse”, ressalta.

O deputado estadual e candidato a governador Gelson Merisio, também  lamentou a morte prematura do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Aldo Schneider, aos 57 anos. Os dois eram amigos e trabalharam juntos no Legislativo: Aldo foi vice-presidente da Alesc ao lado de Merisio na gestão 2015-2016 na presidência da Casa.

“Aldo Schneider foi um bom amigo, um homem correto e que muito contribuiu para o desenvolvimento de Santa Catarina. A morte dele é, sem dúvida, uma grande perda para a política e para a sociedade catarinense. À família, desejo força neste momento de dor. Descanse em paz, Aldo”.

A coligação “Santa Catarina Quer Mais”, que tem como candidato ao governo o deputado Mauro Mariani, manifesta profundo pesar pelo falecimento do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Aldo Schneider “Aldo deixa como grande legado o espírito público e a garra.

Foi um guerreiro. Com coragem e força lutou pela vida até o fim. Lamentamos a perda de um líder que sempre trabalhou firme pelo desenvolvimento do Alto Vale e de toda a Santa Catarina”, disse Mariani. A coligação manifesta sentimentos à família e a todos que acompanharam sua trajetória.

VELÓRIO

O corpo do deputado Aldo Schneider vai ser velado a partir das 21 horas em Ibirama e, amanhã, às 11 horas, haverá um ato oficial de Honra Fúnebre pela Polícia Militar. Às 13 horas, seu corpo será cremado em Balneário Camboriú numa cerimônia restrita à família.

 

 

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome