“ESTAÇÃO INVERNO”: SEGURANÇA REFORÇADA NAS REGIÕES SERRANAS DE SANTA CATARINA

Com o envolvimento de mais de 1.200 agentes da segurança pública, entre policiais militares e civis, Corpo de Bombeiros Militar e de outros setores estratégicos, a operação “Estação Inverno” do governo do Estado está baseada nas cidades das regiões serrana e do planalto catarinense, polos que, nesta época, registram quedas acentuadas de temperatura, culminando com o espetáculo principal que é a neve, culminando com a movimentação intensa de turistas.

Além do policiamento ostensivo nas áreas de movimentação das pessoas, a operação também está concentrada na fiscalização e orientação do trânsito, principalmente nas rodovias que atravessam as encostas da serra. As cidades mais visitadas no inverno são Lages, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, São Joaquim, Urubici, Itá, Urupema, Praia Grande, Treze Tílias, Rancho Queimado e Campo Alegre.
Em Lages, que realiza a Festa Nacional do Pinhão, a Polícia Civil mobilizou 139 policiais, entre delegados, escrivães, agentes de Polícia e psicólogos policiais. Outro ponto de ação da Polícia Civil está em São Joaquim, conhecida como “capital da neve”.

O delegado-geral da Polícia Civil, Ulisses Gabriel, destaca que a atuação dos agentes é de concentrara ações nos locais onde há maior fluxo de turistas, como nas regiões de Lages e São Joaquim. “Nosso objetivo é oferecer um melhor atendimento para o cidadão catarinense que visita a Serra e turistas de outros estados e até de outros países”, assinalou.

“ESTADO SEGURO”

O secretário adjunto que responde pela secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), coronel Flávio Graff, disse que a determinação do governador Jorginho Mello é trabalhar para garantir a segurança de todos os catarinenses. “A SSP está envolvida na operação Estação Inverno, onde ela visa exatamente ajudar o nosso Estado como um todo. Santa Catarina, o Estado mais seguro do país e está de braços abertos para receber as pessoas tanto no verão quanto no inverno”, destacou o coronel Flávio Graff.
PMSC

Cerca de mil policiais militares serão empregados para executar policiamento ostensivo geral, auxiliando os turistas nos pontos de maior concentração de pessoas, agindo preventivamente para a manutenção da ordem pública.
A Estação Inverno receberá reforço policial nas cidades e nas rodovias estaduais de acesso às cidades de Lages, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, São Joaquim, Urubici, Itá, Urupema, Praia Grande, Treze Tílias, Rancho Queimado e Campo Alegre.

Integrado à operação Estação Inverno, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) está com atuando na 34º Festa Nacional do Pinhão, que acontece em Lages, e movimenta a região até o dia 2 de junho. O evento estima receber até 30 mil pessoas por dia, o que movimenta as estradas, rede hoteleira, casas de hospedagem, e também pode aumentar a incidência de acidentes relacionados ao frio.
O Corpo de Bombeiros também se destaca pelas ações de prevenção e produziu um material especial com dicas e orientações para evitar acidentes de trânsito e domésticos, comuns durante o inverno.

A Polícia Científica intensifica sua atuação nas regiões turísticas para lidar com o aumento de pessoas e atividades em decorrência da chegada do frio. As ações são fortalecidas em pontos específicos, como atendimento em locais de crimes e acidentes de trânsito, identificação civil e criminal, e atendimento de medicina legal.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome