CRIMES E GOLPES VIRTUAIS EM FLORIANÓPOLIS JÁ SOMAM MAIS DE R$ 20 MILHÕES DE PREJUÍZOS ÀS VÍTIMAS

Em pouco mais de dois meses de atuação, a delegacia de Combate a crimes de estelionatos de Florianópolis já registrou mais de 2.700 ocorrências que somam aproximadamente R$ 20 milhões de prejuízos às vítimas.

No ranking dos golpes aplicados, segundo os delegados  Osmar Carraro e Paulo Hakim, os mais comuns são de  falso banco; falso parente; sites falsos; golpe do pix; Instagram e Facebook; pirâmide, OLX; passagens; sextorsão (nudes), entre outros.

Importante ressaltar que a delegacia não faz o atendimento direto ao público. O cidadão que for vítima de estelionato poderá registrar o Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima ou pela delegacia virtual.

A delegada Michele Alves Correa Rebelo, diretora de Polícia da Grande Florianópolis, diz que os golpes que antes eram aplicados de forma presencial, passaram a ser de forma virtual, o que dificulta ainda mais as investigações.

Parceiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome