CHUVAS: GOVERNO FEDERAL GARANTE RECURSOS EMERGENCIAIS PARA SANTA CATARINA

Com a garantia de que, ainda neste mês, o governo federal vai liberar recursos emergenciais para o Estado e as cidades catarinenses para reconstrução dos setores de infraestrutura atingidos pelas chuvas, o secretário nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, participou hoje e, Florianópolis, de reunião com o governador Carlos Moisés, governador eleito Jorginho Melo e os parlamentares federais que integram o Fórum Parlamentar Catarinense no Congresso Nacional.

O governador eleito, Jorginho Melo destacou, após o encontro, que “é nossa responsabilidade e obrigação atuar com rapidez para aliviar a dor de quem sofre com essa tragédia das chuvas em Santa Catarina e, por isso, voltamos a cobrar a liberação emergenciais de recursos port parte da Defesa Civil Nacional”.

O governador Carlos Moisés, por sua vez, lembrou que, além do  “Ministério do Desenvolvimento Regional e a Secretaria Nacional de Defesa Civil  garantirem que há recursos para a recuperação das áreas afetadas, os municípios também necessitam fazer a sua parte e, como consequência, a Defesa Civil está orientando, de mãos dadas com as prefeituras, para que possa ser realizado um levantamento de danos com a maior agilidade possível para resolver os problemas com a liberação dos recursos federais”.

EMERGÊNCIA RECONHECIDA

Segundo o secretário nacional, já foi reconhecida, em nível federal, a situação de emergência em Santa Catarina por conta das chuvas. Esse decreto agiliza o processo de repasse de recursos. De acordo com Lucas, o Governo Federal dará prioridade aos pedidos de Santa Catarina em razão das grandes perdas ocorridas no estado desde a última semana.

“Queremos começar a liberar os primeiros recursos a partir desta terça-feira. A documentação é simples. Nós temos recursos garantidos por este governo até o dia 31 de dezembro, o qual nós podemos empenhar. Porém, logicamente, de maneira republicana, o próximo governo também vai auxiliar Santa Catarina”, disse Lucas.

O chefe da Defesa Civil estadual, David Busarello, informou que mais de 29 mil itens de assistência humanitária foram distribuídos aos municípios catarinenses, com um aporte de aproximadamente R$ 3 milhões. O número de cidades com registro de ocorrências chegou a 60.

“Estamos trabalhando de forma ininterrupta, desde a última semana, para atender todos os afetados. Ainda estamos atuando na urgência e emergência. Além da assistência humanitária, temos equipes destacadas para fazer o levantamento dos danos, para que possamos seguir para a próxima fase, que é o trabalho de reconstrução do que foi perdido”, conta Busarello.

Participaram também da reunião na Defesa Civil, os senadores Esperidião Amin, Jorge Seif (eleito), o presidente do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado federal Darci de Matos, deputados federais, além de prefeitos das cidades mais atingidas.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome