MAIS DE 1,5 MILHÃO DE FOLIÕES CONSAGRARAM O CARNAVAL DE FLORIANÓPOLIS

O prefeito Topazio Neto apresentou o balanço de resultados do carnaval de Florianópolis.

Para ampliar a organização e, principalmente, a programação dos eventos do carnaval oficial de Florianópolis  a prefeitura Municipal vai antecipar de agosto para o mês que vem, a fase de  planejamento para os festejos de 2024. A decisão foi anunciada hoje pelo prefeito Topazio Neto ao fazer um balanço do carnaval deste ano que registrou, em 11 dias, com mais de 400 horas de eventos no centro da cidade e nos bairros, teve a participação de mais de 1,5 milhões de pessoas.

Durante a divulgação e análise de resultados, com a presença de representantes das polícias Militar e Civil, dos blocos e escolas de samba, vereadores e secretários municipais, o prefeito Topazio citou planos para dividir o desfile oficial das escolas de samba em dois dias, antecipar o calendário de liberação do auxílio financeiro às escolas, um novo padrão de desfile das escolas campeãs, dos eventos relacionados com a apresentação e desfile dos blocos de rua, além de mencionar a manifestação do governador Jorginho Mello em investir na divulgação e promoção do carnaval.

“DESFILES” DA INFRAESTRUTURA  E SERVIÇOS

O carnaval deste ano, depois de dois períodos cancelados por causa da pandemia, nas áreas de serviços de infraestrutura também somaram resultados positivos como a participação ativa de mais de 400 pessoas, integrantes dos setores de manutenção e limpeza urbana que, a cada dia, após as festas, estavam nas ruas garantindo a faxina e “perfumando” a cidade. Foram coletadas 207 toneladas de resíduos, 30% mais do que em 2020. Com operação integrada entre limpeza e coleta, pela primeira vez, o Carnaval de Floripa destinou 120 toneladas de materiais recicláveis para a coleta seletiva. São cerca de 92 mil latinhas e vidro equivalentes a 600 mil de garrafinhas long neck que vão voltar para a indústria.

Sobre  o setor de  segurança pública, compartilhado com as polícias civil e militar,  o prefeito Topázio e  o comandante Araújo Gomes, que está à frente da secretaria de Segurança e Ordem Pública, relataram que durante os dias de folia, todos os agentes da Guarda Municipal trabalharam 24 horas por dia, dando apoio aos blocos e eventos em todas as regiões da cidade.

Além de terem feito a fiscalização dos pontos de concentração com 59 fiscais e auxiliares, 150 seguranças privados foram alocados em postos de revista e barreiras possibilitando assim que fossem revistados mais de 150 mil pessoas nos pontos de acesso. Com toda essa organização e equipe posicionadas em pontos estratégicos, não foram registrados lesões corporais provocadas com cacos de vidro, brigas generalizadas, homicídios e latrocínios, porte de armas de fogo e armas brancas nas áreas dos eventos monitorados, e brigas e depredação de ônibus e terminais de ônibus.

Na questão da mobilidade urbana para atender a demanda de público, o transporte de passageiros atuou com horários e linhas  extras, circulando no final de semana do carnaval onde atendeu, a cada um dos dias, em média, até 125 mil passageiros.

Hotéis e pousadas de Florianópolis registraram ocupações de leitos de 90 a 100% da capacidade e com repercussão significativa para o setor econômico do turismo.

 

 

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome