EMPRESA DE INVESTIMENTOS DA CHINA VEIO CONHECER PROJETOS DE FERROVIAS EM SC

Com dois projetos, o primeiro de 60 km de extensão e conexão do complexo portuário de Itajaí à malha ferroviária federal, entre as cidades de Navegantes a Araquari e outro, de 319 quilômetros que ligará Chapecó a Correia Pinto, através de ferrovias, foram apresentados pelo governo do Estado à empresa chinesa Railway Construction Corporation (CRCC), considerada uma das maiores empresas do setor no mundo. A segunda proposta  conectará o Oeste catarinense com a malha nacional, permitindo também acesso ao Litoral catarinense.Os empresários chineses foram recepcionados pelo governador Jorginho Mello e pelos secretários de Estado de Portos, Aeroportos e Ferrovias, Beto Martins, e de Articulação Internacional, Juliano Froehner.

“Temos convicção de que a economia catarinense vai transitar por essas ligações. Temos pressa nesses projetos e estamos abertos para ser parceiros tanto nas ferrovias como em outras áreas como saneamento e rodovias. Sabemos como isso é importante para o nosso crescimento e vamos trabalhar para que essas parcerias saiam do papel”, disse o governador Jorginho Mello.

“Vamos estudar as informações que recebemos hoje e verificar a viabilidade técnica e de demanda dos projetos. Nossa empresa tem expertise na construção de ferrovias e grandes obras. Temos interesse nessa e em outras áreas como saneamento e infraestrutura”, avaliou o diretor Regional da América Latina da CRCC, Raul Liu. A empresa tem operações em mais de 130 países. Atua na contração, planejamento, investimentos, desenvolvimento de projetos imobiliários, industriais, logística, proteção do meio ambiente, financiamento industrial e outros negócios.

“O importante neste momento é que iniciamos uma aproximação com os investidores. Sabemos que há interesse de cargas para transportar, o que dá viabilidade para as ferrovias. Vamos seguir discutindo para avançar nas propostas”, afirmou o secretário Beto Martins.

Segundo o secretário de Articulação Internacional, Juliano Froehner, o encontro desta terça-feira atesta que o governador Jorginho Mello acerta ao trabalhar a internacionalização de Santa Catarina para o benefício da população catarinense. “A SAI atua diariamente para criar conexões e cooperações comerciais com empresas estrangeiras que queiram investir e se instalar no estado.”

 

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome