ESPERIDIÃO AMIN: “OBRAS DO CONTORNO VIÁRIO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS É UMA SUCESSÃO DE MENTIRAS”

(Foto: Arquivo pessoal/Facebook)

“Acabei de assistir mais um “bizarro” capítulo desta sucessão de mentiras capitaneadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, ANTT e a concessionária da BR-101, Auto Pista Litoral, que afrontam moradores, prefeitos, vereadores, entidades organizadas, bancada federal, TCU e tantos outros interessados nesta obra vital para a Região que é o Contorno Viário da Grande Florianópolis”.

O desabafo foi do deputado Federal, Esperidião Amin, ao participar com o Forum Parlamentar Catarinense e prefeitos da Região Metropolitana da Capital, de reunião na quinta feira em Brasília, com a diretoria da ANTT e da concessionária da rodovia, para cobrar o andamento das obras do contorno.

Amin disse ainda que dirigentes da ANTT e representantes da concessionária se revezaram em desculpas que impedem o andamento da obra. Ficou muito claro que existe uma engenharia, com o consentimento da ANTT, para atrasar a obra. São documentos entregues incompletos, indefinições sobre projetos (que já foram decididos em audiências públicas), esgotamento de prazos, e todo tipo de pretextos para dificultar o trabalho do IBAMA que emite as licenças para as etapas do contorno.

Definitivamente, “não existe uma data para o início da obra no trecho sul que compreende o percurso no município de Palhoça. Trecho que sofreu um duro golpe do então prefeito em conluio com o o então governador que cederam o terreno, que era do Estado, para a construção de um empreendimento privado sobre o traçado do Contorno. Medida que exigiu uma alteração na extensão do projeto que precisou inserir quatro túneis e aumentou substancialmente o custo da obra, que a ANTT atribui unicamente à Concessionária”.

O deputado Esperidião Amim disse mais:”Se não existe data para início, não há como haver prazo para conclusão. Meu sentimento é de profunda indignação. Estou inconformado, o Tribunal de Contas da União produziu um extenso acórdão listando as inexecuções e apontando os responsáveis fazendo com que ANTT e empresa assinassem um Termo de Ajuste de Conduta que não produziu resultado algum. Sequer sabemos quando o Contorno Viário da Grande Florianópolis será entregue à população”.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome