SECRETÁRIOS DA PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SÃO ALVOS DE OPERAÇÃO POLICIAL

Os secretários da Prefeitura de Florianópolis, Ed Pereira, do Turismo e Fábio Braga do Meio Ambiente foram alvos, hoje pela manhã, de ações da Polícia Civil que apura supostas práticas de Crime Ambiental, fraude à licitação, corrupção passiva, corrupção ativa, associação criminosa e lavagem de dinheiro, crimes associados à participação de agentes privados. As buscas foram realizadas nas residências dos investigados e em seus locais de trabalho. Nos locais, foram apreendidos aparelhos eletrônicos, especialmente telefones celulares e documentos.

Além de Ed Pereira e Fábio Braga, as ações da polícia alcançaram Samantha dos Santos Brose, esposa de Ed Pereira e assessora parlamentar no gabinete do vereador Marquinhos e Gustavo Silveira, assessor do vereador Jeferson Backer.

Segundo apurado, os investigados, supostamente orquestraram um esquema ilícito para contratar a empresa terceirizada durante a greve da COMCAP, entretanto, mesmo após o término da greve da autarquia, a empresa terceirizada permaneceu realizando os serviços de coleta, por, aproximadamente 02 anos, sem a devida licitação. A greve da COMCAP teve duração de 10 dias e o contrato vigorou por 17 meses.

No decorrer da investigação apurou-se outros arranjos supostamente ilícitos, envolvendo repasses de valores de uma Secretaria Municipal, por meio de contratos de fomento, para uma instituição não governamental.

As buscas foram realizadas nas residências dos investigados e em seus locais de trabalho. Nos locais, foram apreendidos aparelhos eletrônicos, especialmente telefones celulares e documentos relacionados aos fatos sob apuração.

Foram cumpridos 24 Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de Florianópolis, Brasília e Porto Velho/RO, além de 04 (quatro) ordens de Afastamento de Cargo Público, de servidores comissionados do município de Florianópolis/SC.

Participaram da Operação um total de 80 Policiais Civis das diversas delegacias especializadas da DEIC – Diretoria Estadual de Investigação Criminal, DIC de Palhoça, DIC São José, Policiais Civis de Brasília e de Porto Velho/RO. Ademais, a operação contou com o acompanhamento da Comissão de Prerrogativas da OAB – Subseção de Florianópolis/SC.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome