CHUVAS E ENCHENTES CAUSAM UMA MORTE E PREJUÍZOS EM 54 CIDADES DE SANTA CATARINA

As chuvas e enchentes em Santa Catarina atingem 54 cidades e os boletins meteorológicos da Defesa Civil avisam que, no fim de semana as adversidades vêm com toda força no Estado.
Na cidade de Rio do Oeste, um homem, ao tentar atravessar a correnteza em uma arrozeira de bicicleta, perdeu o controle e caiu numa vala, foi arrastrado pelas águas e morreu.
Em Timbó, no vale do itajai, Na cidade de Timbó Uma criança de um ano ficou ferida após sua residência ser atingida por um deslizamento. Ela foi conduzida ao hospital e encontra-se estável.

Do total de ocorrências registradas na Defesa Civil, 54,2% foram causadas por chuvas intensas, 10,2% por deslizamentos de terra e 10% por alagamentos. Houve registro de granizo também durante esse período de chuvas intensas, fato que gerou 7% dos estragos registrados.

Há registros de chuvas intensas, alagamentos, deslizamentos e granizo que atingiram residências, estradas e centros urbanos.

A Defesa Civil de Santa Catarina reforça que todas as regiões do Estado permanecem em atendimento através das equipes municipais contando com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e demais estruturas do Governo do Estado.
Até o momento sete municípios emitiram decretos de situação de emergência: São Bento do Sul, Ibiam, Jaborá, Corupá, Laurentino, Presidente Getúlio e Campo Alegre. O número se mantém na comparação com o relatório anterior.

Até a manhã de hoje, o Corpo de Bombeiros Militar atendeu 111 ocorrências relacionadas com as chuvas intensas e volumosas que atingiram SC desde a terça-feira. Nos municípios de Ponte Alta, Urubici e Pouso Redondo foram realizados atendimentos de busca e resgate de pessoas que estavam ilhadas.

BOLETIM DO TEMPO

O período entre amanhã e domingo será marcado por risco para enxurradas, inundações, alagamentos e deslizamentos. O risco é alto nas áreas em laranja e moderado nas áreas em amarelo, com condições específicas para cada um dos dias.

Especificamente amanhã, as instabilidades ganham força, com risco para temporais em todas as regiões, em especial no período da tarde. Os temporais vem acompanhados com intensas rajadas de vento e eventual queda de granizo, que podem provocar destelhamentos, queda de árvores e danos na rede elétrica. Além disto, os elevados acumulados de precipitação em um curto período de tempo trazem risco para enxurradas e deslizamentos.

Entre noite de amanhã e ao longo do sábado, é importante destacar as áreas do Litoral Sul, Planalto Sul e Grande Oeste, onde podem registrar acumulados entre 150 e 200 mm, com risco alto para enxurradas e deslizamentos.

No domingo, os acumulados de chuva se espalham para as demais regiões de SC, com acumulados entre 100 mm e 150 mm entre o Vale do Itajaí, Litoral Norte, Planalto Norte e Grande Florianópolis. O risco é alto para ocorrências associadas a enxurradas, inundações graduais e deslizamentos.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome