AGENTES DE SEGURANÇA REALIZAM SIMULADO DE EMERGÊNCIA EM ESCOLA DE FLORIANÓPOLIS

Para instruir e capacitar estudantes e professores da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis na adoção de medidas de urgência em situações de risco, em que haja a necessidade de saída emergencial das unidades escolares, agentes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Científica, Defesa Civil e Guarda Municipal, com equipamentos de emergência, realizam amanhã um simulado de incêndio na escola Virgílio Várzea, no norte da Ilha. O treinamento começa às 9 horas da manhã e, além da comunidade escolar, familiares e vizinhos do estabelecimento de ensino foram comunicados da ocorrência.

A secretaria da Educação também convidou para acompanhar a operação, os membros dos Núcleos de Educação Infantil Municipais Doralice Teodora Bastos e Clair Gruber Souza, localizados próximos à escola Virgílio Várzea. A secretária de Educação, Fabricia Luiz Souza, ressalta que “a eficiência de um abandono de edificação é fator tão importante pois ajuda a salvar vidas humanas”.

Conforme o diretor da EBM Virgílio Várzea, a importância deste simulado é organizar uma série de procedimentos de forma ordenada e sem pânico, incluindo itinerários pré-definidos que levem todos a um local seguro. “A prática desta educação preventiva constrói conhecimentos que as crianças e estudantes poderão levar para a vida”, acrescenta Sandro Rogério.Toda comunidade escolar foi treinada com a Língua Brasileira de Sinais para auxiliar pessoas surdas.

Participarão do simulado em torno de 470 crianças do ensino fundamental e da educação infantil, bem como 56 profissionais da educação. Esse tipo de ação faz parte da rotina de formação de estudantes e professores da rede municipal, lembra o chefe da Divisão de Projetos Especiais da Secretaria de Educação, Charles Schnorr, que também é especialista em Gestão de Desastres e Urgência e Emergência,.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome