AGENDA SUPRAPARTIDÁRIA: CRIAÇÃO DE FRENTES PARLAMENTARES GANHA FORÇA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SC

Representando a congregação suprapartidária, que além de deputados reúne membros da sociedade civil e órgãos públicos, o instrumento da  Frente Parlamentar vem ganhando força na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. A criação de duas novas frentes foram anunciadas nesta semana na Alesc, como de apoio  às cooperativas de energia elétrica  e à gestão de resíduos sólidos. Antes, já havia sido criada a frente parlamentar para defender o fortalecimento das corporações dos Bombeiros Voluntários em Santa Catarina.

A criação da frente parlamentar  às cooperativas de energia elétrica foi anunciada pelo deputado Wolnei Weber (MDB) para “debater, por exemplo, a possibilidade de destinar 20% do ICMS para que essas cooperativas possam investir em subestações, que vão dar oportunidade de crescimento e de novos negócios”.

Já o deputado Marquito (PSOL) propõe a instalação de uma frente parlamentar para debater a gestão dos resíduos sólidos nos municípios catarinenses. “Acredito que esta Casa Legislativa pode se debruçar sobre essa matéria, inclusive pensando e auxiliando os municípios a encontrar caminhos adequados para realizar esse serviço com a melhor qualidade ambiental, social e econômica”.

Antes, já havia sido criada a Frente Parlamentar para defender o fortalecimento das corporações de bombeiros voluntários de Santa Catarina, para que elas tenham melhores condições de trabalho e de estrutura.O mesmo colegiado condena a aprovado na Câmara dos Deputados projeto  que torna ilegal o funcionamento de corporação de bombeiros voluntários em todo o país. A frente é liderada pelos deputados Dr, Vicente Caropreso (PSDB) e Matheus Cadorin (Novo).

 

 

 

 

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome