TECNOLOGIA IMPRIME AVANÇOS NA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE SÃO JOSÉ

“Aprender fazendo, com erros e acertos”, é a  metodologia “maker” que a secretaria Municipal de Educação de São José vem adotando, desde o ano passado, no sistema de ensino público.

“A metodologia maker posiciona os estudantes no centro da aprendizagem, estimula o pensamento crítico e criativo e a construção coletiva para solução de problemas reais. Assim, contribuímos para o desenvolvimento das competências técnicas e socioemocionais”, explicou a secretária Municipal de Educação, Ana Cristina Hoffmann.

Muitos professores voltaram para sala de aula para aprimorar as técnicas e os estudantes dos 9º anos foram convidados a participar, no contraturno escolar, do curso Maker Startup Teens. A atividade foi estendida para o 8º ano nas escolas que tinham vagas. A iniciativa faz parte do Movimento Geração do Futuro – parceria entre Prefeitura de São José, Acate, Fiesc e Sesi/Senai – para preparar os estudantes para uma nova economia.

No curso, mais de 900 estudantes aprenderam sobre tecnologia, robótica, comunicação, mídias, liderança, empreendedorismo e orientação profissional. “Foi uma experiência muito divertida com aprendizados únicos. Adorei a aula sobre stop motion. Com certeza esses ensinamentos vão agregar muito no meu currículo”, opinou Jaqueline Bianca Rodrigues dos Santos CEM Luar, estudante do 9º ano do Centro Educacional Municipal (CEM) Luar.

PROJETO PILOTO

Na Escola Básica Municipal Professor Altino Corsino da Silva Flores, que oferece educação em tempo integral para os anos iniciais do Ensino Fundamental, a proposta envolveu também os alunos do 1º ao 5º ano no curso Despertar para a Tecnologia Kids. Como projeto-piloto, 221 estudantes participaram do curso que teve duração de 80h. As atividades foram distribuídas em encontros semanais de 2 horas ao longo do ano letivo. Na pauta, disciplinas de robótica, games, matemática, animações, entre outras. Já os alunos do 6º ao 8º ano, tiveram oportunidade de cursar Despertar para a Tecnologia Teens. Enquanto os estudantes do 9º ano participaram do curso Maker Startup Teens, assim como os demais alunos da rede municipal de ensino. Ao todo, os três cursos beneficiaram mais de 1.200 estudantes nos Centros de Educação Municipal.

TECNOLOGIA

Cada vez mais, os professores estão aliando tecnologia ao processo educacional. Para contribuir nesse processo, a Prefeitura de São José entregou chromebooks para os Centros de Educação Municipal (CEMs), está investindo na modernização da rede lógica e implantou Laboratórios Google em duas unidades de ensino.

“A utilização de novas tecnologias em sala de aula é mais um atrativo para estimular o aprendizado. A transformação digital é uma realidade e nós estamos atentos para essa revolução”, citou o prefeito Orvino Coelho de Ávila.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome