ALUNOS DAS APAES EM SC: “AUTODEFENSORES E PROTAGONISTAS DA PRÓPRIA HISTÓRIA”

Encontro das APAES na Assembleia Legislativa em Florianópolis

“Os autodefensores aqui representam todos os seus colegas, e como é um momento em que todos têm de se manifestar na luta pelos seus direitos e na defesa destes direitos, de conquistas e deveres, eles param, refletem, têm palestras e debates para que a gente faça deles cidadãos ainda mais atuantes”, foi a mensagem que a presidente da Federação das APAES, Alice Kuerten, traduziu hoje na Assembleia Legislativa no  3º Encontro de Autodefensores do Estado de Santa Catarina. Dona Alice, mãe do tenista Guga, lembrou ainda que que o autodefensor  é um “protagonista da própria história”. O evento, além da presença de parlamentares, contou com a participação de representantes das 197 Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) em funcionamento no território catarinense.

Promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o evento estava inicialmente previsto para o último dia 12 de julho, para coincidir com a comemoração da Semana da Promoção e Valorização dos Autodefensores Apaeanos, iniciativa que surgiu através de lei do ex-deputado estadual José Nei Ascari. Em função da pandemia, porém, as atividades foram transferidas para hoje.

APAE: “UMA SÓ FAMÍLIA”

Autodefensora estadual da Apae de Porto União, Rosa da Silva, explicou que, até por serem escolhidos pelos próprios colegas, as funções dos integrantes da categoria vão além de defender os direitos dos alunos da instituição. “Temos que ser porta voz deles e participar dos eventos da Federação”, contou.

Ivan Durand Junior, que é diretor social da Apae de Xanxerê e atuante do Conselho da Pessoa com Deficiência do município do Oeste catarinense, lembrou que a  Apae foi criada por uma família. E precisamos resgatar a importância disso, trazer a família novamente para dentro da Apae para que consigamos que as conquistas sejam multiplicadas. Quando as famílias estiverem juntas, trabalhando unidas, dentro do mesmo objetivo, vamos conseguir melhorar muito”, avaliou.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome