DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PARA SALVAR A LAGOA DA CONCEIÇÃO EM FLORIANÓPOLIS

Em uma parceria  entre Casan,Fapesc e UFSC foi lançado hoje o edital para apoio financeiro a estudos que beneficiem a região da Lagoa da Conceição e a cidade de Florianópolis.

O Edital  tem enfoque mais geral, com o objetivo de aporte de recursos para desenvolvimento tecnológico e inovação em qualquer área do conhecimento que possa ser enquadrada entre os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da ONU. Água potável e saneamento, saúde e bem-estar, cidades e comunidades sustentáveis estão entre os ODS que nortearão os trabalhos a receberem recursos.

Desde o ano passado a Casan integra a Movimento ODS, priorizando a inovação de processos e tecnologias para avançar no saneamento e na conservação do ambiente. Serão destinados R$ 3,2 milhões aos projetos. Deste total, a Casan fará o repasse de R$ 2 milhões, a UFSC e a FAPESC repassarão R$ 600 mil cada.

“O Edital é uma possibilidade de que a Casan contribua com a melhoria da qualidade de ambiental da Lagoa da Conceição e de outras regiões, permitindo que a Companhia cumpra sua missão de proporcionar saneamento e qualidade de vida em Santa Catarina”, destacou o Diretor Administrativo Evandro Martins.

“É uma grande satisfação trabalhar nesta parceria que permite à Fapesc colocar em prática sua missão de promover a Ciência, Tecnologia e Inovação, assim como o avanço do conhecimento”, destacou o presidente da Fundação, Fábio Zabot Holthausen.

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Também enaltecendo o trabalho colaborativo, o professor Sebastião Soares, pró-reitor de pesquisa da UFSC, ressaltou a importância das temáticas a serem desenvolvidas. “O desenvolvimento sustentável é assunto de interesse nacional, e nesta união de esforços vamos estimular uma sinergia para a pesquisa e a busca de soluções para o Estado e especialmente para a Lagoa da Conceição, um ambiente que há muitos anos está sofrendo.

OS PROJETOS

As propostas podem ser apresentadas em duas linhas de trabalho. A Linha 1 envolve projetos de pesquisa que contribuam em curto, médio ou longo prazo com a resolução de problemas ambientais e sociais da Lagoa da Conceição. A Linha 2 abrange pesquisas que contribuam com a resolução de problemas no Estado de Santa Catarina.

Os projetos serão desenvolvidos por pesquisadores dos campi da UFSC, sendo que os participantes das Chamadas Públicas deverão ser docentes, líderes ou participantes de grupo de pesquisa institucional cadastrado e certificado. As propostas deverão ser descritas em projetos de pesquisa aprovados em todas as instâncias da universidade. A meta é divulgar o resultado final da seleção no mês de junho, permitindo o início dos trabalhos.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome