PREFEITURA DE PALHOÇA: PREOCUPAÇÃO E AÇÕES PARA PROTEGER ANIMAIS DA ONDA DE CALOR INTENSO

A Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea) de Palhoça, órgão vinculado à Secretaria de Defesa do Cidadão, está preocupada com a qualidade de vida dos animais domesticados diante desta onda de intenso calor que atinge o município.

A Dibea orienta os donos a providenciar água fresca para os cavalos que são deixados pastando ao ar livre. Quem deixar seu cavalo sob o sol sem a oferta de água fresca corre o risco de responder judicialmente por maus tratos. “Neste calor absurdo, muita gente deixa os cavalos no pasto e deixa sem água ou só coloca água uma vez por dia, e neste calor, não tem como deixar o animal o dia inteiro sem água fresca”, alerta o diretor de Bem-Estar Animal, João Gonçalves Neto.

O mesmo cuidado precisa ser tomado com os animais de estimação, como cães e gatos, dentro ou fora das residências. A orientação é para que tenham sempre água fresca em abundância e circulem em locais bem arejados. “A água tem que ser fresca. Muitas vezes a água fica no sol e não é saudável para os animais”, adverte o diretor.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome